sábado, 17 de julho de 2010

Mentiras.


Não consigo mais escrever.
Vermelho, desta vez é azul.
Eu vendi minha alma, nunca mais vou mentir nas minhas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário